Regular

zumbisrussos:

eu tenho medo de sair de casa e não voltar eu tenho medo de alguém me ligar enquanto eu faço o curto trajeto entre o ponto de ônibus e o portão da minha casa na volta do trabalho eu tenho medo de metrô, mas esse é um medo bobo eu tenho medo que outras mulheres negras morram e eu não tenha força suficiente para lutar por elas, para gritar por elas eu tenho medo de por preguiça ou falta de esperança nunca mais amar ninguém de novo eu tenho medo de levantar meus braços e não existir nada de bom pelo que celebrar
é sábado à tarde e eu tenho medo do tempo
eu tenho medo do tempo
e não há nada a fazer sobre isso a não ser me distrair, olhar para outro lugar, fingir que nunca aconteceu
que o tempo não me provou que é mais forte e mais barulhento que eu
eu tenho medo mas eu também tenho a comum habilidade de continuar apesar dele